COMO LUTAR COM QUEDA DE CABELO?

COMO LUTAR COM QUEDA DE CABELO?

Em média, entre 100.000 e 150.000 fios de cabelo crescem em nossas cabeças, e a taxa de queda de cabelo é de 50 a 100 fios todos os dias. Isso ocorre porque o cabelo da cabeça está em constante renovação.

Ciclo de vida do cabelo

fase de crescimento (anágena)

fase de retardo de crescimento (catágeno)

fase de repouso (telógeno)

fase de queda e o intervalo entre o esvaziamento do folículo e o crescimento de novos fios de cabelo (exógeno)

Este derramamento diário é um processo biológico natural em homens e mulheres.

A queda diária de cabelo não leva à diminuição da massa total do cabelo, pois os ciclos de crescimento são assíncronos – todos os fios estão em fases diferentes. O ciclo de crescimento independente de cada folículo evita a queda repentina de cabelo.

Porém, em alguns casos, a queda de cabelo aumenta e se torna mais excessiva.

Este processo pode ser devido a:

Desordens no ciclo de crescimento do cabelo

Microinflamação

Folículos capilares prejudiciais

Doenças hereditárias ou adquiridas

Vários fatores externos e internos

Cada um dos fatores pode se tornar um “gatilho” para perdas.

A queda de cabelo pode ser reversível e irreversível

Alopecia telógena – uma forma reversível temporária

É um tipo comum, mas bastante intenso em suas manifestações clínicas de queda de cabelo. É caracterizada por uma queda abrupta de uma grande quantidade de cabelo devido à transição prematura do cabelo para a fase telógena.

A alopecia telógena difere na forma de seu curso

A alopecia telógena aguda pode ocorrer em qualquer idade e é igualmente comum em homens e mulheres. A duração da alopecia telógena aguda é inferior a 6 meses.

A alopecia telógena crônica é observada principalmente em mulheres de 30 a 60 anos, que não apresentam outras doenças. E pode durar mais de 6 meses.

A alopecia telógena é um tipo comum de queda temporária de cabelo que começa aproximadamente 3-5 meses após o evento desencadeante.

Causas de perda de cabelo reversível

Alopecia senil

É uma forma hereditária de queda de cabelo em homens e mulheres. É caracterizada por um afinamento gradual do cabelo na área do couro cabeludo.

Tipo masculino : afinamento do cabelo no couro cabeludo frontal, bitemporal e parietal ou queda total do cabelo com esparsos restos de cabelo na parte posterior da cabeça e nas zonas temporais.

Nos homens, pode se desenvolver em qualquer idade após a puberdade e progredir por vários anos ou décadas.

Tipo feminino : há um afinamento lento e difuso dos cabelos no couro cabeludo na região frontal medial (coroa) com aumento gradual da linha do cabelo. O desbaste completo é raro.

Freqüentemente, as mulheres notam isso pela primeira vez durante a menopausa, embora o processo de alopecia androgenética possa começar a qualquer momento após a puberdade.

5 DICAS DO TRICÓLOGO:

COMO PARAR A PERDA DE CABELO

1Tente evitar o estresse

2Equilibre sua dieta

3Cuide bem do seu couro cabeludo

4Massageie o couro cabeludo regularmente

  1. SIGA A RELAÇÃO ENTRE ESTRESSE E PERDA DE CABELO

Você notou que seu cabelo começou a cair intensamente? Pense se você estava estressado 3-5 meses atrás. O estresse pode ser emocional e físico, como uma doença ou cirurgia, os quais podem causar queda excessiva de cabelo. O estresse contribui para a transição prematura dos folículos pilosos da fase de crescimento (anágena) para a fase de crescimento lento (catágena) e, em seguida, para a fase de repouso e perda (telógena), que ocorre 3-5 meses após o estresse experimentado.

  1. LIMITE SEU ESFORÇO

No caso de alopecia telógena induzida por estresse, é importante tomar medidas para resolver a causa raiz – para minimizar sua situação estressante. Procure encontrar formas que sejam confortáveis ​​para você reduzir o estresse emocional e desenvolver o hábito de “trocar” – praticar técnicas de respiração, manter a atividade física, compartilhar suas experiências com quem o apóia, levar um estilo de vida saudável e socializar-se com pessoas agradáveis.

Saiba mais em Realivie loja oficial

  1. TENTE EVITAR DIETAS DIFÍCEIS E RESTRIÇÕES DE ALIMENTOS

Uma causa comum de queda de cabelo é a falta de certas vitaminas e minerais no corpo, o que leva a dietas rígidas ou nutrição desequilibrada. Se o corpo não recebe proteínas, minerais e vitaminas suficientes, não são criadas condições suficientes no couro cabeludo e no folículo para a formação e crescimento normal de um cabelo saudável. Alguns suplementos podem ser tomados para manter o cabelo saudável, especialmente aqueles que contêm vitamina B8 (ou biotina), no entanto, recomendamos que você preste atenção especial à dieta diária dos alimentos que ingere.

  1. INCLUA EM SUA DIETA

Entre as vitaminas que garantem o crescimento saudável do cabelo, as vitaminas B são especialmente importantes: A

vitamina B3 (niacinamida) melhora a circulação sanguínea na raiz do cabelo. Encontrado em amêndoas, cogumelos, aspargos, abacate, feijão, rabanete preto, salsa e couve.

A vitamina B5 (ou ácido pantotênico) estimula o crescimento do cabelo. Encontrado em aipo, couve-flor, avelãs e nozes, alho e abacate.

A vitamina B6 potencializa a ação de outras vitaminas e também ajuda a fortalecer a estrutura do cabelo. Encontrado em aves, bananas secas, sementes de girassol, repolho, espinafre e tomate.

Vitamina B8(ou biotina) regula a produção de sebo no couro cabeludo. Encontrado na levedura de cerveja, cogumelos, legumes, couve, amêndoas, tomates e sementes germinadas.

Leia mais em: Follichair bula

A vitamina B12 estimula a renovação dos folículos capilares. Encontrado em carnes e carnes de órgãos, peixes, aves e espirulina.

CUIDAR ADEQUADAMENTE

Atrás do couro cabeludo

  1. LIMITE A EXPOSIÇÃO DE FATORES EXTERNOS AGRESSIVOS NO ESCALPO

Lave o cabelo regularmente com água fria ou morna à medida que ficar sujo, massageando suavemente o couro cabeludo com a ponta dos dedos.

Escolha com cuidado produtos para a limpeza suave do couro cabeludo: use shampoos com fórmulas suaves, dê preferência a formulações hipoalergênicas ou produtos marcados com “tolerância ótima”.

Penteie o cabelo com pentes de cerdas macias.

Se possível, seque os fios naturalmente para evitar o superaquecimento do couro cabeludo com o secador (ou seque o cabelo no modo I frio e II quente).